Lista de tópicos

  • Símbolo
    " Um espaço interativo, lúdico e não só...

    Um espaço dos tempos livres, porque não?!...

    Um espaço de investigação, para que haja construção...

    Um espaço de Todos e para Todos, em constante evolução.

    É este o espaço que temos à vossa disposição. "



    Pavilhão D, sala 27
  • Tópico 2

    sim Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos
    • 2017/2018 - CNJM

      A Associação Ludus, a Associação de Professores de Matemática, a Sociedade Portuguesa de Matemática e a Ciência Viva promovem anualmente, desde 2004, o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos. Neste ano letivo, decorre a 14.ª edição do Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos (CNJM 14)  em Torres Vedras no dia 16 de Março de 2018.

      Disputar-­se-­ão seis jogos em que poderão participar alunos dos três ciclos do Ensino Básico e ainda do Ensino Secundário, de acordo com a seguinte tabela:

      Jogos

      1.º CEB

      2.º CEB

      3.º CEB

      Secundário

      Semáforo

      X

      Gatos e Cães

      X

      X

      Rastros

      X

      X

      X

      Produto

      X

      X

      X

      Avanço

      X

      X

      Flume

      X

    • Os treinos para o 14.º CNJM já começaram...

      Consultem o horário afixado na sala do Laboratório de Matemática e APAREÇAM...

    • Como foi o CNJM 10 em 2013/2014 ...

    • Após terem sido realizadas (no passado dia 27 de fevereiro) as Eliminatórias a nível do 3º ciclo, foram selecionados para nossos representantes no 10º Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, os alunos: Erickson Garcia (do 7º4) para o jogo Hex; Rivaldo Manuel (7º4), no jogo Avanço e João Oliveira (9º1), no Rastros.
      No Secundário representaram a escola os alunos: Fábio Anunciação (11º3), que mais uma vez representou a ESMA, no jogo Avanço; Pedro Brás (11º3) no jogo Produto e José Almeida (12º1) no jogo Hex.

      No passado dia 14 de março, realizou-se o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos. Após a longa viagem, que começou de madrugada, pelas 6h15m, os nossos seis representantes chegaram finalmente ao Pavilhão Municipal do Fundão. Juntando-se aos 1700 alunos, de 340 escolas espalhadas por todo o país.


      Na parte da manhã, todos os nossos representantes, sem exceção, demonstraram que a lógica, a estratégia e o raciocínio são fundamentais para realizar um bom jogo de matemática, dando largas ao pensamento abstrato e “luta” aos adversários. 
      Após a seleção dos melhores, passou-se à final (realizada à tarde), onde o número de participantes ficou reduzido a doze, em cada jogo. Nesta fase de apuramento, continuava em competição, um representante da ESMA, no jogo Avanço do Secundário (o Fábio Anunciação).

      Agradecemos a todos eles, a colaboração e empenho demonstrado, desde os treinos, passando pelas eliminatórias, culminando com esta final e, em particular ao Fábio, que conseguiu um lugar de destaque a nível nacional. 
    • Click to play this Smilebox slideshow
      Create your own slideshow - Powered by Smilebox
      Slideshow design customized with Smilebox
  • Tópico 3

    sim Olimpíadas Portuguesas de Matemática
    • XXXVI OPM (2017/2018)

      A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) organiza, neste ano letivo de 2017/2018, as XXXVI Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM).

      Calendário para as Categorias Júnior (6.º e 7.º anos), Categoria A (8.º e 9.º anos) e Categoria B (10.º, 11.º e 12.º anos)

      1.ª eliminatória -08 de novembro de 2017.

      2.ª eliminatória -10 de janeiro de 2018.

      Final Nacional - 22 a 25 de março de 2018 no Agrupamento de Escolas de Mirandela - Mirandela.
    • Os alunos que passaram para a 2.ª fase, que se realizará no dia 10 de janeiro no Colégio de S. José, foram:

      7.º 2  Diana Pew

      9.º 1 Mariana Silva

      12.º 1 André Chen

  • Tópico 4

    iCanguru Matemático sem Fronteiras

    • Um pouco de história

      No início dos anos 80, Peter O'Holloran, professor de matemática em Sydney, inventou um novo tipo de Concurso Nacional em escolas australianas: um questionário de escolha múltipla. Este concurso foi um enorme sucesso na Austrália. Em 1991, dois professores franceses (André Deledicq e Jean Pierre Boudine) decidiram iniciar a competição em França com o nome Canguru ("Kangourou") para prestar homenagem aos seus amigos australianos. Na primeira edição, participaram 120 000 estudantes, atraindo a atenção dos países vizinhos. Em Junho de 1993, o Conselho de Administração do Canguru ("Kangourou") Francês convocou um encontro europeu em Paris e sete países decidiram adoptar o mesmo concurso. Em Junho de 1994, em Estrasburgo, no Conselho Europeu, a Assembleia Geral dos representantes de 10 países europeus (Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Itália, Moldávia, Polónia, Rússia e Eslovénia) decidiram a criação do "Canguru Matemático sem Fronteiras". Actualmente, a associação conta com representantes de 47 países e mais de 6 milhões de participantes em todo o mundo. Portugal participou pela primeira vez em 2005 no Canguru Matemático sem Fronteiras.

    • O Concurso "Canguru Matemático" contribui para a popularização e promoção da matemática nos jovens. O concurso pretende atrair o máximo número de alunos sem pretender selecionar os alunos a nível nacional nem comparar os resultados com os diversos países. O Concurso é para TODOS os alunos e não é apenas para os que tiverem melhores notas. Não existe uma seleção prévia.

      Objectivos:
      - Estimular o gosto e o estudo pela Matemática.
      - Atrair os alunos que têm "medo" da disciplina de Matemática, permitindo que estes descubram o lado lúdico da disciplina.
      - Tentar que os alunos se divirtam a resolver questões matemáticas.
      - Conseguir que cada aluno, através da Matemática, se sinta bem consigo mesmo e com os demais colegas.
      - Aumentar todos os anos o número de participantes no concurso a nível nacional e tentar atingir as cotas de participação de outros países europeus.

      O concurso consiste numa única prova: não existe nenhuma seleção prévia nem existe uma prova final. Existem 8 Categorias, de acordo com as idades dos alunos: Mini-Escolar nível I (2.º ano de escolaridade), Mini-Escolar nível II (3.º ano de escolaridade), Mini-Escolar nível III (4.º ano de escolaridade), Escolar (5.º e 6.º anos de escolaridade), Benjamim (7.º e 8.º anos de escolaridade), Cadete (9.º ano de escolaridade), Júnior (10.º e 11.º anos de escolaridade) e Estudante (12.º ano de escolaridade). A prova consiste num questionário de escolha múltipla de várias questões de dificuldade crescente.

      A pontuação máxima na categoria Mini-Escolar nível I é 75 pontos, nas categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar é 120 pontos e nas outras categorias é 150 pontos. Os alunos começam com uma pontuação de 15 pontos na Categoria Mini-Escolar nível I , com 24 pontos nas Categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar e com 30 pontos nas restantes categorias. Por resposta errada serão penalizados em 1/4 da pontuação da questão. A categoria Mini-Escolar nível I é constituída por 5 questões de 3 pontos, 5 questões de 4 pontos e 5 questões de 5 pontos. As categorias Mini-Escolar nível II, Mini-Escolar nível III e Escolar têm 8 questões de 3 pontos, 8 questões de 4 pontos e 8 questões de 5 pontos. As restantes categorias têm 10 questões de 3 pontos, 10 questões de 4 pontos e 10 questões de 5 pontos.

  • Tópico 6

    simboloLudoMatemática
    • Citando o Currículo Nacional do Ensino Básico (Competências Específicas – Matemática):

      "O jogo é um tipo de actividade que alia raciocínio, estratégia e reflexão com desafio e competição de uma forma lúdica muito rica. Os jogos de equipa podem ainda favorecer o trabalho cooperativo. A prática de jogos, em particular dos jogos de estratégia, de observação e de memorização, contribui de forma articulada para o desenvolvimento de capacidades matemáticas e para o desenvolvimento pessoal e social. Há jogos em todas as culturas e a matemática desenvolveu muito conhecimento a partir deles. Além disso, um jogo pode ser um ponto de partida para uma actividade de investigação ou de um projecto".

    • Do programa dos Cursos Profissionais:

      Um jogo que não dependa de força física e que tenha as suas regras bem definidas, estimula o raciocínio, motiva para a procura de uma estratégia, suscita a reflexão, aproximando-se muito da resolução de um problema matemático. Se a tudo isso juntarmos o desafio de ganhar o jogo, de melhorar o seu próprio desempenho ou a competição com um adversário ou num torneio, então o jogo pode constituir uma entrada especialmente estimulante no mundo do raciocínio abstracto, acessível a novos e velhos, tenham muitos ou tenham poucos conhecimentos matemáticos. Miguel de Guzmán interroga mesmo: "Onde termina o jogo e onde começa a matemática séria?"

    • GRANDE VITÓRIA: Muitos Parabéns aos alunos Paulo Roque e Márcio Castro, do 10º 1ª que ganharam o 1º PRÉMIO do Concurso Nacional "Inventa um Jogo" ... O jogo criado chama-se "Evoluir e Formar 4".

    •           É já no dia 9 de Março, pelas 14 h 20 min na sala do Laboratório de Matemática...

                Não faltem...  e que vençam os melhores...

    • E os melhores são:

                                                            

      3º Ciclo

      Secundário

      Rastros:

      Adriana Silva, 7º7ª

      Hex:

      Miguel Santiago, 7º1ª

      Ouri:

      Danildo Ferreira, 8º3ª

      Rastros:

      Telmo Cunha, 10º3ª

      Hex:

      Paulo Roque, 10º1ª

      Avanço:

      Paulo Gouveia, 10º3ª

    • Click to play this Smilebox slideshow: CNJM

      Create your own slideshow - Powered by Smilebox
      Customize your own free digital slideshow
    • Exposição dos Jogos criados pelos alunos

      Dias 28 e 29 de Abril, na Sala 27 (Laboratório de Matemática) 

    • Click to play this Smilebox slideshow: Exposição
      Create your own slideshow - Powered by Smilebox
      Another free slideshow by Smilebox
    • No dia 29 de Abril, pelas 13 h 30 min, procedeu-se à selecção dos melhores jogos criados pelos alunos.

      E os jogos vencedores são:

      7º Ano

      1º Prémio: "Pisa a Matemática" do 7º 1ª    

      Menção Honrosa: "42=16" do 7º 3ª

      8º Ano

      1º Prémio: "Monopoly da Matemática" do 8º 5ª  

      Menção Honrosa: "Qual é o resultado?" e "Haja Palavras" do 8º 4ª

      CEF.

      1º Prémio: "3+1=4 em linha" do Cef. de Carpintaria

      10º Ano

      1º Prémio: "MateFeeling" do 10º 6ª

      Menção Honrosa: "FullFive" do 10º 1ª

      11º Ano

      1º Prémio: "XaDrema" do 11º 1ª   

      Menção Honrosa: "Cálculos Matemáticos" do 11º 1ª

      12º Ano

      1º Prémio: "Dodecaedro de Hamilton" do 12º 3ª/11º 4ª

      Parabéns a todos os participantes.

    • Entrega de prémios dos jogos premiados no

      Concurso LudoMatemática, dia 28 de Maio às 15 horas.

      .

      (junto à Casa Saloia)

    • d

    •  
      Click to play this Smilebox scrapbook
      Create your own scrapbook - Powered by Smilebox
      Personalize your own free digital scrapbooking design
    •  

    • 1º Campeonato do jogo "Evoluir e Formar 4"

      Durante o 2º período decorreram vários treinos, no Laboratório de Matemática, do jogo “Evoluir e Formar 4” (jogo criado pelos alunos Paulo Roque e Márcio Castro e premiado a nível nacional no ano lectivo passado). No dia 30 de Abril de 2011 decorreu a eliminatória, na Mediateca da nossa escola para escolher o vencedor deste jogo. E a grande vencedora foi a aluna Nayane Santos da turma quatro do décimo ano.

      ev

    •  

    • Actos Extra V e SintraViva 2011

      Mais uma vez o Laboratório de Matemática esteve presente nos Actos Extra V (no dia 30 de Abril) e no SintraViva 2011 (no dia 27 de Maio), com os seus habituais jogos matemáticos. Míudos e graúdos jogaram diferentes tipos de jogos: estratégicos, de tabuleiro, de computador e também os jogos inventados e criados pelos alunos no âmbito do projecto LudoMatemática. O principal objectivo foi o de divulgar este tipo de actividade e proporcionar o convívio entre os visitantes e participantes.

      Actos Extra V

      SintraViva 2011

    • 2º Campeonato do jogo "Evoluir e Formar 4"

      No dia 27 de abril de 2012, o Laboratório de Matemática, em parceria com a Mediateca, organizou, mais uma vez, o torneio do jogo “Evoluir e Formar 4”.

      A boa disposição e a sã “competição” dos participantes foi o mais marcante. A vencedora foi a aluna Jéssica Fernandes do 11º 4.

      Parabéns Jéssica!

    • 3º Campeonato do jogo "Evoluir e Formar 4"

      Pelo terceiro ano consecutivo, o Laboratório de Matemática, em parceria com a Mediateca, organizou, mais uma vez, o torneio do jogo “Evoluir e Formar 4”.

      Aqui está o vencedor em ação, Rui Veríssimo...

    • Laboratório de Matemática no SintraViva 2013

      SintraViva 2013

    • ATOS EXTRA 2015

      Sulemany Suaré, o vencedor do torneio final do jogo matemático AVANÇO

    • atos

    • ATOS EXTRA 2016

      Adelmar Moreno, vencedor do torneio final do jogo Avanço

    • Semana da Escola 2017

      António Amador do 10º 1ª, vencedor do torneio final do jogo Avanço

  • Tópico 7

    Momentos Matemáticos

  • Tópico 8

    Vídeos Sobre Matemática
    • Para quem gosta de matemática é quase impossível não assistir a este vídeo mais de uma vez… São inúmeros os objetos matemáticos que delicadamente nos são apresentados e não poderia ser diferente já que o cineasta tentou

      imaginar como seria o local de trabalho do artista holandês Maurits Cornelis Escher.

    • Neste vídeo podemos encontrar um pouco de matemática, ao som do single Two Dots, do norte-americano Lusine (Jeff McIlwain). Procure pelo Teorema de Pitágoras e por distâncias, senos, cossenos, radiano, relações em um triângulo retângulo, eixos cartesianos, coordenadas e outros objetos matemáticos.
    • Dimensions: Um passeio matemático...

  • Tópico 9

    Projetos de Excelência da C.M.S.
  • Tópico 10

    ...isto é MATEMÁTICA...

    O "isto é MATEMÁTICA" pretende de uma forma simples e realista apresentar a forma como a matemática nos rodeia em grande parte da nossa vida.